07 julho, 2014

Sophia no Panteão

Para quem gosta de ler e para quem gosta especialmente de ler Sophia de Mello Breyner Anderson, foi sem dúvida uma brilhante e merecida homenagem, escolher como última morada desta Senhora, o Panteão Nacional.

A ela e a quem me apresentou o seu livro a "Fada Oriana" se deve o meu gosto pela leitura....terá sido o meu primeiro livro e acho que comecei muito bem. Seguiu-se o "Rapaz de Bronze", mais tarde já na escola o "Cavaleiro da Dinamarca" e mais recentemente "A Arvore". Este último porque fez parte do plano nacional de leitura da disciplina de Português do meu filho.
Os seus livros infantis/juvenis (se assim se pode dizer) são verdadeiramente mágicos, capazes de nos transportar para mundos longínquos em que o mar, os animais, as flores e as plantas são personagens maravilhosas, ricas. Recordo-me que quando li e "Rapaz de Bronze" fiquei a conhecer um sem número de flores que eu desconhecia.
Ainda não explorei a poesia de Sophia que dizem também ser de um nível superior, ficará para outra altura, certamente...  


Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu acho que...