09 julho, 2013

Lisboa mulher e bonita

Lisboa é como uma mulher bonita porque fica sempre bem na fotografia.
Esta foto foi tirada também de uma cidade bonita e com quem partilha as águas, os céus e os ventos: Almada. Foi tirada mais propriamente da Casa da Cerca e que quem não conhece deve fazer por isso.

Deste fabuloso espaço, entre outros atractivos, podemos gozar de uma vista soberba sobre Lisboa e tudo o que a compõe: As águas calmas do Tejo, a Ponte em aço que percorre as duas margens, as imponentes Torres das Amoreiras, os Cacelheiros que transportam as suas gentes e depois, em destaque, o centro da Cidade que viu tudo e tudo sabe sobre os que partiram dali, para a grande aventura dos descobrimentos...

A Grande porta de LISBOA que se abre ao Rio e que convida todos a entrar, pelo barco que se atraca, aos cabos que tantas vezes conheceram os nós, tão rapidamente entrelaçados, guardados a segredo pelos marinheiros.

Falo da Praça do Comércio, outrora renovada pelo Marques de Pombal, que a tornou ainda mais convidativa. Alargou as ruas destruídas pelo terramoto, arquitectou em linhas geométricas onde o sol entrou e nunca mais de lá saiu.

Quem vê Lisboa, vê a sua luz, o seu brilho...o seu encanto. E assim, de cada vez que eu vejo Lisboa..vejo uma mulher sempre bonita, arraiada, pronta para a foto, pronta para ser a admirada. Mas sem invejas, sem olho gordo, apenas com o prazer de abrir um sorriso de felicidade, encanto, por nos ser permitido, a nós, termos o privilegio de poder admirar a sua infinita Beleza.

Uma vez mais, obrigada Lisboa por me deixares admirar tua beleza.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu acho que...