23 fevereiro, 2015

Férias quentinhas em São Tomé

O que me custou mais quando aterrei em Lisboa? Não, não foram as voltas no estômago provocadas pela aterragem atribulada (muiiito vento). Foi, isso sim, ter de vestir o casaco duro e quente porque ainda estava de t-shirt...Foi voltar ao Inverno que este ano está tão rigoroso.
Mais do que desfazer as malas e colocar a roupa na máquina de lavar, voltar à rotina e ao trabalho que se acumulou no escritório. Custou mesmo deixar para trás aquele bafo quente que nos batia na face, assim que saíamos logo pela manhã do Hotel Miramar São Tomé.
Não trouxe comigo o calor, infelizmente, mas trouxe na bagagem, uma jaca com 7 kilos comprada no mercado.
Para além do bronze....trouxe ainda cacau e café em grão....dizem que comido assim verde (o café) dá energia, será?

E banana pão, para fritar, para cozer, para inventar e para matar saudades e fingir que lá fora  está muito quente e ainda estou nas minhas férias quentinhas, algures numa daquelas praias lindíssimas de São Tomé!!!





Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu acho que...