Avançar para o conteúdo principal

TSU # Caixa

Há aqui qualquer coisa que me falha...não compreendo, portanto! 
Proporcionar aos "patrões" portugueses uma pequeníssima folga produzida pela redução da TSU foi visto como uma medida injusta, impensável de se concretizar! Sim! Favorecer essas pessoas do demo que são os patrões. Criadoras de emprego, lutam contra todo o tipo de adversidades do mercado, das permanentes mudanças fiscais, exportam para esse mundo fora com todas as dificuldades trazidas pela globalização, enfim, uns malvados! Muitos desses empreendedores que se lançam no mundo empresarial porque acreditam numa ideia, arriscam, largando muitas vezes a segurança dos seus empregos, etc e tal. É que os empresários não são só os donos de grandes empresas. São também o pequeno comércio, as papelarias da esquina, os cafés, os supermercados de bairro, os cabeleireiros, os gabinetes de arquitetura, as salas de estudo, uma imensidão de gente batalhadora. Existem em Portugal muitas micro e médias empresas. Mas baixar a TSU e aliviar esta gentinha é que nem pensar! Até porque criaria uma despesa acrescida ao estado deixando de entrar nos seus cofres uns milhares de euros. Ok! Alguma coisa se há-de arranjar para tapar esta trapalhada do governo que pôs o carro à frente dos bois. A culpa entretanto foi direitinha para o PSD e o governo já esfrega as mãos porque conseguiu um bode expiatório...
E é aqui que eu fico baralhada. Então e a descapitalização do banco do estado, a Caixa? Isto não deixa ninguém de cabelos em pé? Tanto quanto pude apurar esta operação choruda foi adiada para 2017, para não aumentar o défice de 2016. É que para este banco não vão uns milhares de euros, vão sim uns mil milhares de euros! Vai muita massa! E por enquanto está no segredo dos deuses quem ajudou a cavar este buraco gigantesco!
E nesta matéria não há grande contestação ou pelo menos é mais silenciosa. Ainda não ouvi falar de qualquer manifestação agendada. E neste caso os valores, estes sim, são verdadeiramente diabólicos!!!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Receita de rolo de carne com batatinhas no forno

Os comilões cá de casa aprovaram a janta. Assim, aqui vai a receita:

Ingredientes:

Para o rolo
700 gr. de carne picada
Pão (pode ser do dia anterior)
Leite
Temperos a gosto (sal, louro, pimenta, alhos)
Legumes a gosto cozidos (eu tinha couve portuguesa e couve galega)
Salsa e/ou coentros

Para as batatas assadas
Batatas congeladas do pingo doce (redondas para assar)
Cenouras cortadinhas em cubos pequenos
Coentros e/ou salsa
Sal
Azeite
Pimentão doce
Alhos

O rolo:
Comecei por juntar o pão ao leite e fazer uma papa. Adicionei os temperos e depois juntei e misturei tudo à carne picada que ainda estava dentro do saco. Deixei estar uns minutos para a carne ganhar o gosto. O pão deixa a carne picada menos seca e ė uma forma de cortarmos na carne e ainda aproveitar as sobras de pão.
Numa folha de papel vegetal forrada com um pouco de manteiga, coloquei a carne picada e abri um túnel onde deitei a salsa e coentros picadinhos e depois, por cima, legumes cozidos e escorridos. Formei um rolo e pu…

Justin Bieber amigo dos piolhos

A propósito do Justin Bieber e daquele penteado que ele tinha, que lhe escondia a cara, tenho a contar o seguinte:

O meu rico filho de 11 anos tem um desses fashion looks em que passa a vida a abanar toda a cabeça num sentido, para que o cabelo fique de lado. Como se tivesse sido apanhado no meio dum vendaval.

No ano passado, à custa desse cabelo gigante apareceu-lhe pela primeira vez desde a sua existência, aquela bicharada que põe qualquer Mãe com os nervos em franja.

Ora, aproximando-se rapidamente a primavera e com ela a tropa da piolhada, eu pedi-lhe encarecidamente para que considere cortar o cabelo, deste vez, curto.

Sim porque eu sou uma Mãe moderna e deixo o meu filho cortar o cabelo como ele entende, desde os....sei lá...5 anos.

Claro que eu poderia dar-lhe dois berros, levá-lo pelos cabelos até ao cabeleireiro e depois mandar cortar aquela cabeleira a meu gosto.
Mas não.
Eu sou uma Mãe moderna que entende que na construção da sua personalidade, que eu espero que seja fort…

Cais do Sodré e Baixa aí vamos nós....

É mesmo isso, este Sábado fomos para a rambóia. Eu, o meu husbund e alguns amigos.

Deixo aqui o itinerário escolhido para que possam tirar umas ideias, num próximo fim de semana.

Combinámos à porta do restaurante às 8.30 mas chegámos cedo.....então andámos às voltas, eu e o meu mais que tudo. O restaurante ficava na baixa, na rua dos Sapateiros, 177, a que tem uma arcada e é paralela à rua Augusta.

Como estávamos a queimar tempo, fomos à descoberta e entrámos, nada mais nada menos, que no antigo cinema onde há alguns anos passavam filmes para maiores de 18 anos!!!

Aquilo é um local muito interessante, eh, eh, onde por apenas 2 euros se pode ver uma senhora toda descascadinha. São cabines onde com alguma dificuldade me fiz caber, a mim e ao meu marido.

Colocam-se as moedas e abre-se uma janela de onde se vê uma senhora numa cama redonda que se move, move-se a cama e move-se a senhora!!!..o máximo!!!
Andava com curiosidade de ver este tipo de atracção e já está, já vi, finalmente.

Dep…