04 março, 2013

E depois do Adeus

Ví este domingo a nova séria da RTP e faço intenções de não perder o próximo capitulo.

A série anterior " Conta-me como foi" fez-me compreender muitos dos aspectos negativos do Salazarismo e o que se passou com todos quantos viveram aqueles tempos difíceis.

Esta série dizem que aborda o tema dos retornados que se viram obrigados a voltar para Portugal e começar tudo do zero. Muitos apenas com a roupa que tinham em cima da pele no momento da fuga...

Eu gosto muito deste tipo de séries porque apesar da disciplina de História contemplar o estudo destes momentos da nossa história, a RTP vai ao pormenor, ou seja, mostra como de fato era vivida a vida das pessoas, o seu dia-à-dia, as suas dificuldades e a forma como as iam ultrapassando. E provavelmente na altura em que abordei estes temas na escola, eu não tinha nem a matoridade nem qualquer interesse em saber mais sobre como os Portugueses deram a volta por cima.

Estas séries também me recordam a minha infância, a minha família, todos juntos, muitos para uma casa tão pequena mas tão cheia de vida. Nesta série, os móveis, alguns utensílios das cozinhas, as roupas, etc, levam-me lá para longe...para o passado, quando eu ainda era criança. Naquele tempo em que o meu maior problema era se ia chover e eu teria que ficar em casa a brincar...bons tempos :)

Estas séries tem um denominador comum: a família. Naquilo que tem de melhor, as tricas e os desentendimentos, o café onde se reuniam os homens ( principalmente os homens), a amizade, as verdadeiras amizades, as dificuldades que se ultrapassam, uma de cada vez.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Eu acho que...