Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2016

Uma peça e já está!

Diz-se por aí que a moda para este ano é:  UMA PEÇA#. Sim, é isso mesmo! A moda também se quer prática. E não há nada mais fácil, logo pela manhã, nos escassos 10 minutos que temos para nos vestir, enfiarmos o nosso corpinho numa única peça.  Et voilá! Prontas para mais um dia atarefado:



Resposta do dia#

- Filho, diz-me lá: o que mais gostaste de São Tomé e Príncipe?
- Oh, Mãe! Isso nem se pergunta! Claro que foi de poder ir ao banho sem ter que fazer a digestão primeiro!
Admito que não estava à espera desta resposta...

Jarbas? Apetecia-me algo...

Hoje estou naqueles dias que me apetecia largar tudo (só o trabalho!) e ir até à praia. Falam em 30 graus para hoje e depois acaba-se o verão. Aproveitar que os putos estão na escola e ir com o maridão "pastelar" na espreguiçadeira e almoçar de chinelo, no restaurante da praia. Ou melhor, almoçar descalça e cheia de areia...
OK, vou trabalhar! Isto já passa!

#Outono

O Outono chegou. Por agora só mesmo no calendário porque o Verão insiste em ir ficando. Nada como uma listinha de coisas boas (para mim) que a estação das folhas caídas assim o obriga: . Compotas de todas as cores. Aproveitar as frutas de verão que estão agora maduras e boas para o tacho. Juntamente com mais alguns ingredientes dão origem a frascos cheios de doces para barrar o pão e tostas. . Um bom filme, um balde de pipocas, a manta e o enroscanso do costume no sofá, com a cara metade. Toca a encher o disco com filmes para terem muitas opções. . Um bom filme, um balde de pipocas e uma sessão de cinema perto de casa. Porque sair é bom. . Catar folhas caídas no jardim e/ou na rua, de vários tipos e tamanhos para os trabalhos de escola dos miúdos. Não há como escapar.  . Festa de Halloween. este ano é que é! Começar a pensar cedo para que no dia 31 de Outubro aterrorizar família e amigos numa big e sangrenta festa. . A moda para esta estação. As cores, os tecidos....ver o que há de n…

Why not #2

Apetece...



Acumular dinheiro, oi?

"Temos de perder a vergonha de ir buscar a quem está a acumular dinheiro" Oi??? Repete lá isso? Ainda que já tenhamos entrado no último semestre de 2016, esta é sem dúvida a frase do ano. O que é isso de acumular dinheiro? Alguém me explique? A mim ensinaram-me qualquer coisa como: poupar é importante para acalentar o futuro, para fazer frente a alguma despesa inesperada e tal e tal. Coisa dificílima de fazer nos dias que correm, poupar algum, diga-se em bom rigor. Agora chama-se acumular dinheiro? E, ao que parece é uma coisa feia, tão feia que dá direito ao estado ir lá buscar um tanto para alimentar esse elefante branco que é o próprio estado. Estado esse que deixa fugir por entre os dedos e de forma mais vergonhosa o dinheirito arrecadado e proveniente também, desses malditos acumuladores de dinheiro. E se começassem pela prata da casa, não? Já pensaram nisso?  E se o próprio estado gastasse menos e acumulasse dinheiro ou não permitisse que ele fosse parar onde não dev…

Why not #1

Dizem que ambos estão na moda, os ténis e o bordeaux e que vão (os ténis) com tudo:














Street Food nos olivais

Já vai na segunda edição e eu lá estarei pela segunda vez! Foi nos Olivais que vivi, cresci, até me ter casado e gosto sempre de um bom pretexto para lá voltar! O Vale do Silêncio que é o local onde se realizará este evento, está cheio de boas memórias, dos meus tempos de miudita. Aquelas árvores, aquele sobe e desce, o relvado, se falassem... São 4 dias de festas com convidados especiais. Bora lá:





A Vanda está de volta, iupi!

Pois é! É mesmo verdade! A Vanda Miranda está de volta à radio no período da manhã. Que é quando a rádio me faz mais falta....diga-se! Já sabia que ela estava a dar música... mas ainda não tinha tido a oportunidade de a ouvir. Que bom! E ainda por cima passa as malhas da vida o que me deixa logo em alta e cheia de energia pela manhã, de bem com a vida! Por exemplo, hoje foi "Dona" dos Roupa Nova. Que pérola! Obrigada M80, obrigada Vanda. Isto de voltar à labuta torna a coisa mais fácil!





Há música em Almada

Há música em Almada, na Casa da Cerca e vale mesmo a pena. Pelas vistas lindas para o Tejo e Lisboa, pela música que se ouve ao estilo de Woodstock, sentados ou deitados na relva. Também podem trazer a vossa cesta de picnic. Para todos, com a cara metade ou em modo pack família. A entrada é GRATUÍTA. Tem bar onde são servidas todas as bebidas e algumas refeições mais rápidas.













São os fogos, estúpido, são os fogos...

Li ontem algures que o parlamentou ia hastear a sua bandeira dado o falecimento de um antigo presidente da assembleia. Mas parece-me que a bandeira já devia andar hasteada há muiiiiito mas por outro motivo: o pais continua a arder. Ardem terrenos, esforços de toda uma vida de trabalho, casas, umas antigas cheias de história, outras nem tanto, pinhais inteiros...e de quando em quando um bombeiro morre. Todos os dias esta gente guerreira luta contra este terror e dá tudo por tudo para que o fogo não ganhe mais uma batalha. Eu sei que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa (é uma expressão que uma amiga usa muito)! Mas efetivamente há aqui algum coisa errada. Ok, o Senhor era importante, morreu, pois. E? Como dizia o outro...são os fogos, estúpido, são os fogos!

O Coliseu foi abaixo

Pronto admito! O título é assim à moda da CMTV! Efetivamente o Coliseu não foi abaixo, mas esteve quase! E o grande, ou melhor, os grandes responsáveis foram Caetano veloso e a sua convidada Teresa Cristina. A bem da verdade eu não conhecia o trabalho desta grande senhora, dona de uma grande voz. Mas fiquei fã! Pérolas como: Menino do Rio e Leãozinho deixaram-me a mim e a todo o Coliseu em delírio. É impressionante como somente um homem e uma viola conseguem fazer tanta magia. E no final do espetáculo vai de bater palmas e bater com os pés a troco de só mais uma. E foi nessa altura que temi que os camarotes viessem todos parar cá abaixo. Todos queríamos mais e os dois grandes artistas voltaram e tocaram mais umas quantas em modo dueto. E quando abandonaram o palco, vieram novamente as palmas e a batida com os pés. É um som que tem tanto de assustador como de fascinante. Pronto é desta, pensei eu. O Coliseu vai abaixo! Novamente voltaram, cantaram e encantaram! Só possível quando o ní…

Eu quero...

Eu quero um emprego destes...


Embalada pelo mar...

Já voltei de férias há uma semana, eu e uns quantos portugueses, pois claro! Ontem estava no meu espaço Zen que não é mais que um terraço onde tenho uma cama de rede e posso apreciar um bocadinho do céu. Dizia eu, estava no meu espaço zen com o meu mais-que-tudo a ver as estrelas que pareciam que se moviam juntamente com as poucas nuvens que navegavam na escuridão. E vai que me bateu uma vontade enorme de ouvir o mar. Ou seja, bateu-me aquela saudade das férias, da praia, das ondas a irem e virem. Quase que me apeteceu pôr toda a gente no carro, ir até à Fonte da Telha, estacionar e adormecer embalada pelos sons do mar. Mas depois veio o lado racional e lembrei-me que o meu carro apesar de ser muito giro não é suficientemente confortável para que 4 alminhas possam dormir dentro dele. Fui para a cama e adormeci! End of story!